Análise da Banlist (Março 2021) | Yu-Gi-Oh!

Escrito por
Publicado em 11/03/2021
228 Visualizações, 0 Comentários.

Depois de meses de espera, finalmente a primeira Banlist do ano foi anunciada pela Konami. Considerado por muitos jogadores o momento mais importante do jogo, a Banlist é o que nos dá a ideia de como será o formato, e quais as coleções mais relevantes que virão. Nesse quesito, a Banlist de Março não nos dececpcionou. Ela foi bem clara, matar Decks específicos, banir cartas injustas e abrir caminho para vender novas coleções. Dito isso, vamos para a análise!

1 - Banidos

Union Carrier

O primeiro monstro da lista de banidos é o Portador da União. Por conta do seu banimento, Decks de combo perdem um pouco de força, isso porque engines comuns como Thunderbird + Apex Avian (o famigerado negate infinito) se tornam inviáveis. Dentre as mais comuns no metagame, Drytron também sofre um pouco com o hit dessa carta, já que não é mais possível equipar o Cavaleiro da Alvorada nesse card, e depois de enviá-lo ao Cemitério, enviar o EVA logo em sequência, para buscar dois cards e negar efeitos. Não é um hit tão pesado, é contornável, mas foi surpreendente e corajoso.

Number S0: Utopic ZEXAL

O que falar do Número S0: ZEXAL Utópico? Um monstro que não chegou a ter muito sucesso no Metagame daqui, mas que fazia parte de uma das engine mais anti-jogo do jogo. O seu efeito é simples e quebrado. Ao desassociar 1 matéria durante o turno do oponente, no turno em questão, seu oponente não pode ativar cards ou efeitos. Uma carta dessas assim não poderia de forma alguma continuar no jogo, principalmente com a Engine Numeron a solta por aí. Banimento justíssimo, e que não volte nunca mais, afinal Yu-Gi-Oh! ainda é um jogo de duas pessoas.

True King of All Calamities

O Verdadeiro Rei de Todos os Problemas finalmente foi banido, depois de uns 2 anos de hora extra. Todos nós já sabiamos que hora ou outra ele seria banido. A verdade é que o Verdadeiro Rei de Todas as Calamidades nunca tinha encontrado um Deck pra chamar de seu. Com uma estratégia baseada em aumentar e reduzir o Nivel dos seus monstros em 3 (tornando-os de Nível 9) o True King se tornou o carro-chefe do Deck Virtual World, isso porque, o seu efeito sozinho era capaz de parar um Deck inteiro. Ao desassociar 1 matéria, você declara 1 Atributo, e a partir daí TODOS os monstros do Atributo declarado não podem ativar efeitos ou atacar. Decks como Drytron, Zoodiac e similares eram completamente anulados com esse efeito. Outro monstro anti-jogo que foi para seu devido lugar.

2 - Limitados

Cyber Angel Benten

E os jogadores de Drytron choram mais uma vez... A única limitada da lista foi a magnífica Ciber Anja Benten, e apesar de gostar do Arquétipo em si, tenho de admitir que mais uma vez, a lista foi justa. A Benten tem um efeito simples mas muito forte dentro do Deck Drytron: ao seu Tributada, ela pode buscar QUALQUER Fada de LUZ do Deck para a mão. Por se tratar de uma carta um pouco mais antiga e adaptada do Anime, o seu efeito não é OPT (Once per turn), e por isso era muito fácil abusar disso. Drytrons buscam Rituais, e sao Rituais, então em suma Tributar a Benten era algo muito fácil dentro do Deck, e sempre que ela fosse Tributada, você adicionava EVA e Heralds para sua mão, aumentando sua coleção de jogadas e negates, até chegar ao ponto de praticamente negar tudo que o oponente tentasse fazer. A win ratio do Deck era muito alta, e por isso a Benten foi limitada. Agora o Deck perde consistência mas fica justo. Ainda é possível jogar de Drytron, mas o Deck se tornou extremamente frágil.

3 - Fora da Lista

The Phantom Knights of Rusty Bardiche

Um dos poucos erros da Banlist. O Os Cavaleiros Fantasmas do Bardiche Enferrujadoestá a solta, trazendo a tona mais uma vez a famigerada engine Phantom Knight para o jogo. É verdade que ela já fazia parte do cenário "competitivo" a um bom tempo, em Decks como Burning Abyss, mas o fato de liberá-lo deixa o Deck ainda mais forte, e como gosta de dizer um conhecido nosso te dá 2 negadores "0800". Isso porque, graças ao seu efeito você consegue Baixar 1 Armadilha Phantom Knights para o campo ao custo de enviar 1 Phantom Knights para o Cemitério, que vai se banir e adicionar 1 Armadilha Phantom Knights para a sua mão, sendo na maioria das vezes a Fog Blade, que nega efeitos de monstros. Um aumento de consistência e uma dose de "chatice" a mais para o jogo, mas de fato, nada de outro mundo.

Firewall Dragon*

O primeiro Monstro Ciberso do jogo a ser banido está de volta! Isso é motivo de muita alegria para nosso time. Mas, precisamos dizer: ele voltou mais fraco, com errata. O monstro histórico que elevou o conceito de co-link a outro patamar pode finalmente sair da caixa cheia de poeira. Mas, o que mudou em seu efeito afinal?

Primeiro e mais importante, todos os seus efeitos a partir de agora são HOPT, então ele não poderá mais ser usado e abusado em Decks malucos por aí. Já o seu segundo efeito sofreu uma importante mudança. A partir de agora, se um monstro que ele aponta for enviado ao Cemitério ou destruído em batalha, você pode Invocar um monstro CIBERSO do seu Deck, e não mais qualquer um, como era antes da errata. Agora, Decks como Gouki, SPYRAL e similares não mais poderão utilizar esse efeito e tampouco Decks de FTK. Dentro da família Cyberse o Deck que provavelmente terá melhor proveito do "novo" Firewall será o Code Talker, com sua mecânica de combo e co-link, que combina perfeitamente com o Firewall.

*OBS: A errata do Firewall será lançada oficialmente no dia 14 de Abril. Por isso, somente a partir dessa data ele está livre para voltar ao jogo.

Os outros cards fora da lista foram: Dewloren, Tiger King of Ice Barrier; Dragon Buster Destruction Sword; Ignister Prominence the Blasting Dracoslayer; Rank-Up-Magic Argent Chaos Force e True King's Return. Por não serem tão relevantes para o formato, ficaram de fora da análise.

4 - O que mudou?

Deck: Dragon Link

Apesar da volta do Dragon Buster, o hit no Union Carrier deixa inviável lockar o Extra Deck do oponente, mas isso não é um problema muito grande no geral. Novos suportes para o Deck estarão vindo na Ghosts from the Past (provenientes do Structure Deck exclusivo do OCG) e darão um reforço ao Deck que já é bom. Talvez esse tenha sido um dos motivos por ter passado praticamente ileso na lista. Podemos esperar Dragon Link como um forte candidato nesse formato pós-lista.

Deck: Virtual World

Virtual World perdeu a sua grande win condition na lista. Com o banimento do Calamities, a tendência é que ele perca espaço no Metagame, já que o campo que o Arquétipo faz por si só não tem mais a capacidade de pular o turno do oponente, e por isso agora é altamente contornável. Vale lembrar que Virtual World não é um Deck tão consistente, e por isso tem boa chance de brickar e não conseguir fazer nada, mas ainda assim é um Deck que não deve sumir de vista, já que é bastante popular.

Deck: Drytron

Junto de Virtual World, o Deck Drytron foi um dos que mais sofreram com a lista. A perda do Calamities e Union Carrier foi um hit grande, já que ele também poderia utilizar esses monstros, mais ainda pior foi a limitação da Benten, a principal buscadora de recursos do Deck. Ainda é possível jogar, deixando a build mais focada em algo puro, e claro usando a única cópia disponível da Benten, mas por hora o Deck perde um pouco de força e fica mais frágil. Porém, daqui a alguns meses a coleção Lightning Overdrive chegará no TCG trazendo um novo Xyz que poderá mudar o patamar do Deck mais uma vez.

Card: Red-Eyes Dark Dragoon

Por fim, a engine mais favorecida da lista foi a de Dragoon. Com o banimento do Utopic ZEXAL, Decks que jogavam em torno dele podem acabar migrando para o Dragoon, como é o caso de Eldlich (que oficialmente enterra sua versão Numeron). Subterror, Altergeist e até mesmo Dragon Link podem usar esse monstro, já que ambos conseguem Invocar monstros com extrema facilidade. Vale ressaltar que a engine Invoked também continua firme e forte no jogo, sendo uma concorrente a altura.

E você? O que achou da Banlist. A Konami esqueceu de algo? Prejudicou seu Deck? Conta aí pra gente nos comentários!

Até a próxima!

Ass: Cyberse Team BR

Comentários

  • Kit Pré Release - Renascer De Zendika | Caixa de Booster

    Kit Pré Release - Renascer De Zendika

    1 item(s) R$ 119.90
  • Lote Magic - 100 cartas | Lote
    Em Lote

    Lote Magic - 100 cartas

    9 item(s) R$ 10.00
  • Commander 2020 Deck - EVOLUÇÃO APRIMORADA | Deck
    Em Deck

    Commander 2020 Deck - EVOLUÇÃO APRIMORADA

    2 item(s) R$ 269.90
  • Deck Box - Ultimate Guard - 100+ | Deck Box

    Deck Box - Ultimate Guard - 100+

    5 item(s) R$ 36.00
  • Booster - Renascer de Zendikar / Zendikar Rising | Booster
    Em Booster

    Booster - Renascer de Zendikar / Zendikar Rising

    15 item(s) R$ 21.90
  • Magic Deck Commander - Renascer Zendikar - Ataque Surpresa | Deck
    Em Deck

    Magic Deck Commander - Renascer Zendikar - Ataque Surpresa

    1 item(s) R$ 145.90
  • Sleeves Laranja 100 Unidades Standard Size Não é  Dragon Shield nem ultra pro  | Shield / Sleeve

    Sleeves Laranja 100 Unidades Standard Size Não é Dragon Shield nem ultra pro

    2 item(s) R$ 49.90
  • Booster Avulso - Strixhaven - Booster de Colecionador | Booster
    Em Booster

    [Pré-Venda] Booster Avulso - Strixhaven - Booster de Colecionador

    12 item(s) R$ 149.90
  • MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Chandra | Deck
    Em Deck

    MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Chandra

    1 item(s) R$ 179.90
  • MTG Kaldheim Booster de Draft | Booster
    Em Booster

    MTG Kaldheim Booster de Draft

    50 item(s) R$ 21.99
  • Deck De Planeswalker - Ashiok - Theros | Deck
    Em Deck

    Deck De Planeswalker - Ashiok - Theros

    1 item(s) R$ 69.90
  • Magic Arena Starter Kit | Deck
    Em Deck

    Magic Arena Starter Kit

    10 item(s) R$ 49.90