Flash end blood primeiras impressões | Flesh & Blood

Escrito por
Publicado em 29/11/2023
388 Visualizações, 0 Comentários.

Olá, jogo cartinhas a um bom tempo, não tanto tempo o bastante para dizer "ja faz 40 anos que jogo Magic", porque nem vivi tudo isso ainda, mas o suficiente para achar que tenho uma opinião relevante sobre o assunto,.... Enfim, essa última semana me aventurei com flash and blood, e como me mudei e não tenho amigos (ainda) para conversar resolvi que vou escrever, só porque comunicar ou achar que está fazendo isso é importante para tentar manter a cabeça saudável.

 

Quando estava tendo contato com o jogo pela primeira vez, ( ainda só como espectador) outro espectador para tentar me explicar o game me perguntou de qual jogo venho para saber qual referências usar, falei que jogo muitas coisas, mas atualmente o que mais estou  imerso é one piece, não fez muita diferença porque logo já começou uma explicação das mecânicas comparado a Magic, é difícil ser diferente sendo que Magic é quase uma zona de conforto, mas sinseramente acho que nesse caso não precisava trazer referências de jogo nenhum, porque é tudo muito fácil, a base de regras do jogo de um jeito bem tosco (na minha cabeça) é, as cartas são para bater, defender ou para gerar mana, e depois que fez uma dessas coisas compra mais cartas e faz uma dessas coisas de novo, bem simples e objetivo, ver as armas e equipamentos na mesa da uma assustada, mas é tudo muito tranquilo de entender, a parte mais "difícil" foi o Go again, mas não por ser complexo, mas para se acostuma que quando faz uma ação que não tem Go again seu turno meio que acaba, bom .... Vamos para prática !

Ganhei um deck de maxx nitro, e um companheiro de jogatina comprou a box que vem com 4 decks, minha primeira partida foi em uma mesa com 3 jogadores, e sobre minha primeira impressão assistindo, jogando senti que de fato o jogo era muito simples e objetivo, sem muitas enrolação para montar setup, ou jogadas muito longas, é aquilo que tem na mão e suas capacidade de entender o que fazer com cada carta, bom me diverti muito, um dos adversários estava jogando com um deck de bardo, deixou o jogo bom interativo, jogar em galera é sempre uma delícia, jogamos 2 vezes e depois passei para o X1, na primeira partida enfrentei um deck de ninja, o segundo turno dele foi impressionante, quase tomei otk mas apesar do susto o jogo foi extremamente equilibrado, e foi algo que perdurou nas outras partidas, o que me deixou uma boa impressão, levando em consideração que estava jogando com os decks selados do produto, o meu deck de maxx onde todas as cartas custam centavos, e um deck competitivo (ou quase isso) de ninja, todas as partidas independente de qual deck enfrentava qual eram sempre teti a teti.

O que temos até agora, um jogo simples, objetivo e equilibrado, mas ainda tem muitos caminhos a ser perrido, então fui pesquisar cartas, assistir jogos, ler sobre o meta,  entender mais sobre o que era tudo aquilo, a princípio decidi que quero ter um deck de Levia, jogar batendo em si mesmo é sempre divertido, mas como nem tudo são flores, ser objetivo demais me incomoda um pouco, principalmente no X1, me dá uma sensação meio Yu-Gi-Oh, não que seja ruim, mas sinto falta de ter um jogo mais imprevisível, no sentido de ritimo de jogo, com a mecânica de encher a mão todo final de turno me dá a sensação que todo turno você tem que fazer um mini combo para sair na frente, parece que naturalmente tem uma pressão para você lutar, apesar que o jogo é exatamente sobre isso, 2 heróis saindo no tapa, mas como um bom jogador de controle, gosto do charme de não fazer nada e só passar o turno. 

Enfim, me falta jogar com mais decks, naturalmente mais partidas, estou apenas 2 semanas jogando e assistindo jogos de eventos, então é só uma impressão inicial do game, que em resumo é bem gostoso de se jogar, o formato multiplayer foi o mais divertido para mim, o jogo é bem acessível que é exatamente o contrário do que pensava, tanto na questão financeira, mas em quanto comunidade também, todos com quem tive contato, estavam bem dispostos e foram muito amigáveis a me ajudar a jogar, e é meu atual jogo favorito para introduzir novas pessoas no mundo das cartinhas, é muito fácil de entender e explicar , mas não é um jogo fácil, e para finalizar de um jeito quase patético, flash and blood segundo eu, é um Yu-Gi-Oh onde dá para entender o que as cartas fazem e que tem muito mais turnos. XD

 

 

 

 

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com os nossos termos de uso.