Colorless Eldrazi no torneio modern de Apucarana

Escrito por TonhoPisicchio
Publicado em 05/08/2019
130 Visualizações, 1 Comentários.

Comentando sobre o desempenho de Colorless Eldrazi no torneio modern de Apucarana (04/08).

O deck se baseia em tentar "roubar" games com uma combinação de Cálice do Vácuo e vários eldrazi acelerados por Eldrazi Temple, Simian Spirit Guide e aproveitando o novo London Mulligan com Serum Powder. Foi o que aconteceu nesse fim de semana onde consegui sair com um bom resultado de 4x0 no torneio de Apucarana

 

Game 1 - (Colorless Eldrazi 2 x 0 Grixis Control)

Essa era uma boa match para o deck, e consegui encaixar um Cálice do Vácuo pra 1 no turno 1, foi decisivo para o sucesso na partida. Nos turnos seguintes a combinação de Eldrazi Mimic com Matter Reshaper e Thought-Knot Seer fecharam o game.

Na segunda partida, contei com a zica do adversario que acabou mulligando para 5, nessa partida muliguei agressivamente também e consegui encontrar um Eldrazi Temple para acelerar o jogo.

Game 2 (Colorless Eldrazi 2 x 1 Affinity)

Uma partida complicada para o deck, pois é complicado acertar o Cálice do Vácuo. Na primeira match mantive uma mão com Dismember, Eldrazi Temple, Simian Spirit Guide e Cálice do Vácuo, porém, sem nenhuma criatura, sem saber contra que deck estava jogando apostei que o Cálice no turno 1 poderia ser eficiente, mas não foi o que aconteceu, o oponente "guspiu" a mão toda e desceu varias criaturas no turno 1 que em combinação com um Arcbound Ravager dominaram o jogo. Ainda consegui descer um Cálice para 2 (para anular os champeamentos e ravagers) e um Thought-Knot Seer, mas não foi suficiente para segurar o volume de criaturas

Na match 2 muliguei 2 vezes (a segunda com Serum Powder), Encontrei uma mão com Reality Smasher (melhor bixo na match) Thought-Knot Seer e uma Bomba de Catraca do sideboard, que encaixou muito bem contra o oponente que começou a partida com 3 criaturas de custo 0, desci e já usei a bomba no mesmo turno, o oponente ainda baixou um Arcbound Ravager com proteção de Welding Jar, mas estava com um Dismember pronto para resolver.

Na match 3 a mão veio o mais agressivo possivel com Eldrazi Temple, Eldrazi Mimic, Matter Reshaper e Reality Smasher. O adversario veio com uma mão um pouco mais lenta, então consegui tomar o papel de agressor e descendo criaturas cada vez maiores 1 turno adiantado foi o suficiente para levar a partida e o game

Game 3 (Colorless Eldrazi 2 x 0 Tron)

Contra o Tron foram duas partidas onde os hates do deck encaixaram perfeitamente. Na match 1 estava no play e consegui um Cálice do Vácuo pra 1 que matou praticamente a mão toda do adversário, ainda baixei um Ghost Quarter que impediu qualquer esperança dele fechar o Tron a tempo

No game 2 a carta que brilhou foi a Sorcerous Spyglass, que travou justamente o Expedition Map que iria permitir um Tron no turno 4, o adversario ainda desceu uma Oblivion Stone, mas zicou na mana e não conseguiu estourar, nessa partida Mutavault também foi importante, pois estava com poucas criaturas

Game 4 (Colorless Eldrazi 2 x 0 Burn)

Na partida final encarei um Burn, baralho muito rapido, porém, onde o Cálice do Vácuo mais brilha.

Na match 1 mulliguei agressivo e consegui achar um Cálice para descer no turno 2, que conseguiu desacelerar muito o jogo do adversario, Matter Reshaper também foi muito bom, pois troca com as criaturas e quando morreu revelei outro descendo de graça, nessa match Mutavault e Blinkmoth Nexus também foram essenciais, pois estava com poucas criaturas e dessa forma bloquearam 2 Eidolon da Grande Festança do oponente ajudando a segurar pontos de vida

Na match 2 novamente mulliguei agressivamente com Serum Powder e encontrei a melhor mão possivel com Gemstone CavernsEternal Scourge e Cálice do Vácuo, dessa vez o deck rodou muito bem e a sequencia de Cálice do Vácuo, Matter Reshaper, Serum Powder e Reality Smasher fechou a partida e o game.

Resumo do torneio

O deck se deu muito bem no campeonato, London Mulligan + Serum Powder ajuda muito o deck a mulligar agressivamente e buscar sempre um jogo mais explosivo, War of the Spark também contribuiu com Blast Zone, a land ajuda a vencer partidas como (Whir Prison e decks com Ensnaring Bridge) que eram impossiveis no game 1. Nesse deck os aceleradores são fundamentais para passar a frente do oponente. Esperando agora no 18/08 como o deck vai se comportar no Mythic Championship Qualifier em Curitiba.

Comentários

RodrigoL comentou em 05/08/2019 10:37

Tem um erro, blast zone não é de modern horizon