Boletim dos Artesãos - Fracasso no Covil | Magic

Escrito por
Publicado em 09/05/2022
466 Visualizações, 0 Comentários.

Olá e sejam bem-vindos a mais um Boletim dos Artesãos, com tudo o que de mais importante acontece no mundo de Magic: The Gathering. Nessa semana trazemos notícias não muito boas, com uma leva fraca de rebalanceamentos no Alquimia e um verdadeiro fracasso no lançamento de um Secret Lair comemorativo e filantrópico.

Alquimia Enfraquecida

Nesta semana tivemos mais uma atualização no Magic Arena que corrigiu uma porção de falhas que afligia o jogo desde a chegada de Ruas de Nova Capenna. O mais grave dos bugs que foram solucionados provavelmente foi um bug visual na interface de draft que erroneamente indicava na tela de deck cartas que o jogador não selecionou, o que deixou a experiência de Limitado do novo set muito mais caótica do que o recomendado.

Além de abordar estes problemas de performance da plataforma, a atualização também introduziu uma nova leva de rebalanceamentos no Alquimia, o formato digital do Arena. No entanto, essa leva de mudanças foi muito decepcionante, com apenas um ajuste realmente impactante.

A mudança mais importante foi na carta Painful Bond, lançada em Alchemy Kamigawa. O mais interessante é que o design da carta virou de cabeça pra baixo. Antes ela te incentivava a usar e abusar de mágicas baratas, e foi justamente o que os jogadores fizeram, mas de uma maneira que a equipe de desenvolvimento considerou muito eficiente. Agora a mágica ainda provê o mesmo efeito em vantagem de cartas, mas incentiva um custo de mana mais elevado no deck.

Painful Bond

O restante dos outros 11 ajustes podem ser somados em um adjetivo: ineficazes. Como exemplo, uma seção inteira do artigo de rebalanceamentos é focada em aumentar a resistência de algumas criaturas para que elas fiquem melhor posicionadas em combate.

Porém, uma rápida análise do formato nos informa que basicamente nenhum deck do formato está interessado em usar o combate de forma justa, com ataques e bloqueios de criaturas de tamanho médio. Com O Massacre do Gancho de Carne sendo uma presença certa, sempre à espreita, quase ninguém se atreve a investir seus recursos no campo de batalha na forma de criaturas. Assim, a decisão de trazer estes ajustes nesse momento parece muito confusa.

Mais do que isso, os ajustes quebram uma promessa sobre a qual o Alquimia foi construído, de ser um formato sempre fresco e fluido. Faz sentido esperar um pouco para ver como Ruas de Nova Capenna vai se integrar ao cenário, mas a sensação é que já há algum tempo a experiência no formato se tornou repetitiva.

O Alquimia, como sabemos, tem que ativamente conquistar os jogadores do Magic Arena. Contudo, com ações tímidas, como os rebalanceamentos recentes o formato se solidifica como o elo mais fraco da plataforma.

Fiasco no Secret Lair

Semana passada trouxemos o Magic em seu alto, com grandes números e uma ótima fase no Magic Arena. Porém na última semana o jogo enfrentou um dos maiores fracassos em sua história recente, uma situação que verdadeiramente vergonhosa e que sem dúvidas mancha a imagem jogo.

Tudo começou com o anúncio de uma ação filantrópica em celebração ao Mês do Orgulho LBGTQ+. O drop de Secret Lair Orgulho Através do Multiverso traz artistas de Magic da comunidade LBGTQ para celebrar sua indentidade com ilustrações centradas e com temática na vicência desse grupo. Além disso, 50% da receita das vendas do drop serão direcionadas ao The Trevor Project, a maior organização no mundo para prevenção de suicídios e intervenção em crises de jovens LGBTQ.

Associado ao drop uma zine será lançada, incluindo mais informações sobre as inspirações de cada ilustração e também uma história que canoniza o relacionamento entre Huatli e Saheeli, e ela já está disponível para leitura.

Secret Lair Orgulho Através do Multiverso

Porém o que era pra ser uma bela celebração azedou muito rápido quando se percebeu que os artigos de anúncio do drop e também a história associada não podiam ser acessados em várias regiões do mundo, incluindo a América Latina. A princípio a impressão era que este era apenas um erro não intencional, mas o benefício da dúvida foi logo revogado. Quando perguntados o motivo do bloqueio dos artigos, os jogadores foram direcionados a uma nota já antiga que explana que nem todo conteúdo que a Wizards produz fica disponível em todas as regiões.

A nota, de forma geral, diz que a Wizards tem que se adequar a leis locais quando disponibiliza seus conteúdos, o que, mesmo pra quem não concorda, é razoável. Porém não há lei na região da América Latina, e mais especificamente no Brasil, que impeça a publicação de conteúdo com temática LGBT+, de forma que o bloqueio não tem base, pelo menos de acordo com as informações que estão disponíveis.

De fato, o bloqueio aliena completamente o grupo de jogadores que ele deveria celebrar. Naquele momento, se você é um jogador LGBT de Magic na América Latina, você era invisível e inexistente e não podia engajar de forma oficial com um produto que supostamente ecoaria o orgulho de sua identidade.

Num aspecto mais macro a ação demonstra também profunda ignorância da Wizards sobre a região, um sinal de enorme incompetência numa visão simpática sobre a situação. Numa visão mais cínica a situação inicial do lançamento indica que quem quer que esteja responsável vê a América Latina como um monolito anti-LGBT e/ou homofóbico, o que seria extremamente ofensivo e desrespeitoso. Mesmo que esse não seja o caso, apenas a possibilidade de essa ser uma leitura possível do ocorrido é o bastante para indicar a profundidade da falha.

Heartbeat of Spring artwork

Como resolução à situação a Wizards já publicou uma nota em que admite que o “deslize” impactou de maneira negativa os membros da comunidade LGBTQ+ e que ações serão tomadas para que isso não mais ocorra. Porém na nota não há um pedido de desculpas, não há a preocupação em apresentar justificativas ou explicações. É apenas uma pedaço de linguagem empresarial sem impacto real.

Neste momento os artigos referentes ao Secret Lair Orgulho Através do Multiverso  já podem ser acessados na América Latina, mas o produto em si ainda permanece bloqueado. Frente a toda essa situação não se pode culpar quem resolver se afastar do Magic, afinal a marca e a empresa realmente falhou e agiu de forma vergonhosa para com seus jogadores.

Assim terminamos mais um Boletim. Agora queremos saber de você. Vocês está jogando o Alquimia recentemente? Gostou do anúncio inicial do Secret Lair Orgulho Através do Multiverso? E como viu o fiasco que se seguiu? Sinta-se livre para nos contar usando a seção de comentários. Você também pode nos alcançar por nossa página no Facebook, Twitter ou Instagram. Obrigado pela leitura.

Thiago Santos dos Artesãos do Magic

Comentários

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com os nossos termos de uso.