Boletim dos Artesãos - Em Curso de Melhorias | Magic

Escrito por
Publicado em 02/05/2022
436 Visualizações, 0 Comentários.

Olá e sejam bem-vindos a mais um Boletim dos Artesãos, repleto com o que de mais importante acontece no mundo de Magic: the Gathering. Nessa semana oferecemos um olhar nas mudanças que chegaram recentemente ao Magic Arena. Além disso, vemos como e por que a Wizards planeja um aumento de preços nos produtos físicos para muito em breve. Vamos lá.

Recordes de Renda e Preços Subindo

A divulgação periódica de balanço que a Hasbro faz para seus acionistas deste primeiro semestre de 2022 aconteceu algumas semanas atrás e, novamente, a Wizards apresentou números impressionantes e até mesmo recordes de vendas, o que vem se tornando um hábito da empresa.

Segundo Chris Cock, ex-presidente da Wizards, agora na presidência da Hasbro, a marca Magic cresceu em 7% neste período, liderada por Kamigawa: Dinastia Neon, que se tornou a coleção de verão mais bem vendida de todos os tempos. A Wizards em si, como a divisão responsável pelo setor de jogos digitais, teve um crescimento de receitas de 9%, chegando a 263 milhões de dólares, enquanto o lucro da divisão ficou em 106 milhões de dólares.

Os dois braços complementares da empresa também apresentaram crescimento individualmente. O jogo físico cresceu em 10% no primeiro trimestre, enquanto o jogo digital cresceu 6%. E o crescimento não deve parar agora, já que Chris Cocks espera que o segundo trimestre de 2022 seja o melhor da história da Wizards.

Receita e Lucro da Wizards Q1 2022

Na contramão, no mesmo dia dessa conferência a Wizards revelou que estará aumentando o preço de seus produtos físicos em 11% num geral. Em sua justificativa a Wizards cita que os custos subiram em basicamente todas as etapas de produção nos últimos anos, incluindo manufatura, tansporte e armazenamento.

Os Boosters de Draft, de Set, de Colecionador e os Bundles dos sets premier, aqueles que vão para o Standard devem ter seus preços aumentados a partir de julho. Além desses os boosters de Jumpstart e os pré construídos de Commander também devem sofrer reajustes. As outras linhas de produtos da Wizards por enquanto estão seguras. Assim, o preço dos itens das séries Masters, Horizons, Secret Lair, Challenger Decks e Universos Além devem manter seus preços atuais.

Importante notar que o aumento deve ser diferente para cada região e que como esse aumento vai chegar ao consumidor final ainda está indefinido e depende, entre muitos outros fatores, dos lojistas.

O aumento, embora justificado, ainda desce amargo já que vemos o jogo quebrar recorde após recorde de vendas, receitas e lucros. O sentimento é de que a Wizards poderia ou deveria segurar este reajuste mais um pouco enquanto ainda aproveita a alta dessa onda.

Arena em Reconstrução

Semana passada trouxemos aqui uma das maiores novidades do Magic Arena nos últimos tempos, a introdução do formato Explorador, que já está disponível no Magic Arena. Este é o segundo formato a ser implementado na plataforma em poucos meses e marca o que parece ser um ápice para a plataforma depois de um período muito turbulento.

Nas últimas atualizações o Arena passou por algumas melhorias reais e pedidas pela comunidade mais vocal, abordando as maiores queixas sobre a plataforma. O Explorador entrou como um vínculo necessário entre a o jogo digital e o físico, aliado a um também recém anunciado e implementado sistema de Jogo Organizado simples e muito bem vindo.

Na área da economia do jogo os ajustes que a Wizards está disposta a fazer estão sendo feitos, mesmo que não na capacidade que alguns desejam. Se ignorarmos o quase desrespeitoso pacote de Curingas, tivemos bons ajustes nos Boosters Míticos e na reestruturação dos eventos construídos.

Tela de Evento Explorador

Estes últimos ainda devem demorar um pouco até que a base de jogadores se acostume. A estrutura anterior deste tipo de evento era bem generosa e permitia que os jogadores recuperassem seu investimento com facilidade. Porém, apesar de poder ser vista como uma forma de injetar ouro na economia, tanto o investimento quanto as recompensas eram mínimas, com pouco efeito real para os jogadores.

Em contrapartida, na nova estrutura é quase impossível manter uma taxa de vitórias alta o suficiente para sempre recuperar seus investimentos, que seria de cerca de 72%. Mesmo assim, o evento pode ser eficiente em sua premissa de ajudar os jogadores a construir suas coleções se o encararmos como uma maneira de obter boosters com um ligeiro desconto, o que pode ser alcançado com 50% de vitórias.

Somado ao cenário anterior temos a inserção dos Pontos Play-In, que explicamos semana passada, para as melhores campanhas possíveis. Esses aspectos reconfiguram o público alvo do evento, que agora passa a ser um jogador competitivo. É claro que isso vem em detrimento dos jogadores mais casuais de Construído, que agora estão restritos basicamente à fila não ranqueada.

Tela de Seleção de Jogos

Como toque final, várias melhorias de qualidade de vida do jogo foram feitas. As cenas de seleção de jogo e de detalhes de decks foram refeitas e agora contém mais informações, melhor customização e são visualmente mais agradáveis. A cena de boosters também ganhou alguns retoques, como poder abrir em conjunto mesmo quanto não são múltiplos de algum número arbitrário, mudança que também se refletiu na loja com preços em ouro sendo adicionados aos conjuntos de pacote.

Nem todos os pedidos pode ser atendidos, mas muitos foram satisfeitos nas últimas atualizações. A plataforma está em crescimento, como vimos na seção acima, e é importante notar que as vozes da comunidade estão sendo ouvidas.

Assim terminamos mais um Boletim. Agora queremos saber de você. Acha que o Magic vai quebrar recordes neste trimestre? O aumento de preços foi bem justificado? E está gostando das últimas mudanças no Arena? Sinta-se livre para nos contar usando a seção de comentários. Você também pode nos alcançar por nossa página no Facebook, Twitter ou Instagram. Obrigado pela leitura.

Thiago Santos dos Artesãos do Magic

Comentários

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com os nossos termos de uso.