Yata-Garasu: Nostalgia, Poder e Irrelevância... | Yu-Gi-Oh!

Escrito por
Publicado em 27/12/2020
205 Visualizações, 2 Comentários.

Yata-Garasu, é um monstro icônico na história dos cardgames. Conheçendo ou não Yu-Gi-Oh, sendo um jogador veterano ou novato, é praticamente garantido que alguma vez na vida você já tenha lido em blogs, escutou seus amigos falarem ou até mesmo enfrentou o temido Yata-Lock, oficialmente tido como o primeiro Tier 0 do jogo. Afinal, esse simples pássaro com 200 pontos de ATK e um efeito de poucas linhas foi o responsável pela criação do que hoje conhecemos como Banlist, e que a cada 3 meses é atualizada como novos cards entrando e saindo dela.

Imagine viver numa época onde praticamente tudo era liberado e como efeitos totalmente desbalanceados, sem restrições ou limitações. Bem-Vindo ao ano de 2004. Foi diante deste cenário que a Konami decidiu criar a primeira Banlist oficial do jogo, onde dentre os inúmeros cards banidos o Yata-Lock foi para a lista por conta do seu combo infame. Ao atacar o oponente diretamente e causar dano, você pulava a próxima Fase de Compra do oponente. Um conjunto de cards da época era capaz de esvaziar toda a mão e campo dele num segundo e sem ter o que comprar não existia outra opção a não ser desistir. De fato, Yata-Garasu era um card muito forte pra sua época e desde que foi banido nunca mais viu a luz do dia. Apesar disso tudo, o jogo evoluiu muito e ofereceu novos meios de defesa, então caso saísse da lista, viveria de hype e irrelevância.

O Yu-Gi-Oh dos dias de hoje!

Bom... O que falar sobre o jogo atual? Yu-Gi-Oh vem cada vez mais se tornando um jogo de "quem começa vence", com raras excessões. Decks de Going Second não costumam ser tão populares, pois além de depender da sorte (cards certos, na hora certa), eles costumam não engrenar, pois Decks que vão primeiro colocam seus negates em campo e praticam o chamado anti-jogo. Virtual World, ZED, Eldlich, Invoked Shaddoll e Drytron são todos Decks de controle/combo, e todos vão primeiro, estabelecendo seu campo, colocando ao menos 3 interações e evitando que o oponente consiga chegar em seu objetivo.

Obviamente, se fizessemos somente a análise do formato já poderiamos afirmar que Yata-Garasu estaria bem longe do terror que já foi antes e seria totalmente irrelevante. Dark Hole, Mirror Force e United We Stand eram cards que sofreram com a lista na mesma época do Yata-Garasu, mas hoje estão livres novamente e não possuem nenhum mínimo grau de relevância no competitivo do jogo. O mesmo se aplicaria ao Yata-Garasu caso saísse da lista, afinal como já foi mostrado o jogo mudou tanto ao ponto de cards temidos hoje serem apenas mais um card quem vem em brindes de compra.

Analisando fora do formato, o próprio Yata-Garasu traz consigo alguns motivos para cair em desuso em pleno 2020. O primeiro deles é o chamado "Battle Phase Effect", que se resumem a efeitos que ativam na Fase de Batalha, sendo lentos para um formato que atualmente é focado em montar campos inquebráveis na Main Phase. Outro fator determinante é o seu efeito simples e desconexo com grande maioria dos Arquétipos, onde montar um Deck próprio para o Yata-Garasu seria frágil e lento nos dias atuais. Além disso, por ser um Monstro Espírito, não pode ser Invocado por Invocação-Especial de maneiras convencionais nos Decks, e por isso você não teria muitas opções de combos e buscadores, já que sua Invocação teria de ser preferencialmente do Yata.

Seis ou meia dúzia?

"Winmore" é um termo utilizado nos Cardgames para se referir a um card em específico que tornas as mãos boas melhores, mas deixa as mãos ruins piores. Sabe aquela história de no lugar certo e na hora certa? Em resumo, é isso que acontece. Yata-Garasu atualmente se encaixa nesse termo.

Por ser um card que depende da Battle Phase para ativar seu efeito, o Yata-Garasu na mão cria duas hipóteses distintas. Na primeira hipótese ele virá com outros cards de destruição em massa, como Raigeki, Twin Twisters ou derivados, deixando o campo livre para o ataque e ai sim começar a atrapalhar a vida do oponente, mas vale lembrar que esses cards já são usados em outras estratégias de Beatdown muito mais viáveis no jogo. A outra hipótese é do Yata vir acompanhado de cards de busca ou de compra, o que poderia formar uma verdadeira loteria, e ai os caminhos poderiam ou não se cruzar. Ou seja, os Decks que teoricamente se utilizassem do Yata perderiam consistência para tentar compensar na Win Condition, que convenhamos é muito difícil de acontecer nos dias atuais.

Special Summon, no More!

Uma das piores e mais marcantes características dos Monstros Espírito é o fato de não poderem ser Invocados por Invocação-Especial, e isso era regra até muito pouco tempo atrás com a chegada do Arquétipo Shinobird. Mas, como estamos falando de coisas da época da vovozinha, então sim, o Yata-Garasu não pode ser Invocado por Invocação-Especial e isso dificulta muito qualquer que seja a estratégia por trás do Deck.

Vivemos num cenários onde as Invocações-Especiais são normais e as Invocações-Normais, apesar do nome é um caso raro. Ainda existem sim cards como Aleister, Aquele que Invoka ou Conector do Neo Espaço que são ótimas Normal Summons e geram vantagem, mas esse não é o caso do Yata. Ao ser Invocado, ele não possui nenhum efeito de busca, proteção ou removal e é uma carta morta em campo até chegar a Battle Phase. Em resumo, qualquer Deck focado em utilizar o Yata-Garasu, além de não poder buscá-lo por efeitos de forma rápida e fácil, precisaria limpar mão e campo do oponente sem utilizar sua Invocação-Normal, para só depois colocar o Yata em campo.

Conclusão

Bom, então depois disso tudo significa que o Yata-Garasu deve sair da lista? 

A resposta para essa pergunta é complexa: sim e não. Ué? Mas como assim? 

Bom, no atual cenário do jogo o Yata realmente seria irrelevante, seja pelas poucas opções para sua imersão no Meta levando em conta todos os Decks atualmente no jogo. No entanto, vale lembrar que esse é um card antigo, sem errata e com um efeito que "quebra" o jogo. Formatos mudam, Decks mudam, novos cards chegam, e num cenário onde o Yata estivesse a solta sem uma errata apropriada e com cards que facilitassem sua Invocação (como os Shinobird) por exemplo, ele poderia apesar de tudo ainda ser um problema. No momento, eu colocaria essa carta a 1 cópia de volta ao jogo, acho que pela sua história é o que ela merece, mas ao mesmo tempo lançar esse card de volta poderia num futuro curto ou longo, trazer a tona todo o caos novamente!

Nos vemos no próximo ano!

Att, Cyberse Team BR

Comentários

Seth7eso comentou em 31/12/2020 15:51:48

Cara do jeito que o mundo de yugioh não para, cartas entrando e saindo de uso, se soltar ele; vai vir esses jogadores loucos que conseguem criar decks com grande poder de destruição e vai ferra com tudo! Fazendo assim com que o yata volte para a lista de banimento outra vez!
Acho que ele nunca vai sair dela!

MGOF comentou em 27/12/2020 23:27:41

Quero compra

Outros Produtos

  • Mana Dual Flip Box Ultra Pro - Vermelho | Deck Box

    Mana Dual Flip Box Ultra Pro - Vermelho

    2 item(s) R$ 199.90
  • Bundle - Ikoria: Terra de Colossos | Caixa de Booster

    Bundle - Ikoria: Terra de Colossos

    1 item(s) R$ 209.90
  • MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Liliana | Deck

    MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Liliana

    1 item(s) R$ 79.90
  • DRAGON SHIELD MATTE - PRETO | Shield / Sleeve

    DRAGON SHIELD MATTE - PRETO

    1 item(s) R$ 89.90
  • MTG Commander Collection Green  | Outros

    MTG Commander Collection Green

    1 item(s) R$ 349.90
  • Sleeves Azul Céu 100 Unidades Standard Size Não é  Dragon Shield nem ultra pro  | Shield / Sleeve

    Sleeves Azul Céu 100 Unidades Standard Size Não é Dragon Shield nem ultra pro

    4 item(s) R$ 49.90