Origem dos Cards: Plunder Patroll | Yu-Gi-Oh!

Escrito por DuhpaCardStore
Publicado em 12/07/2020
644 Visualizações, 2 Comentários.

Saudações, duelista!

Superestimado por uns, subestimado pelo resto, o arquétipo dos piratas prometidos da Konami divide opiniões quanto ao seu poder. Mas, deixando de lado o competitivo, falarei sobre a origem dos Plunder Patroll, com alguns cards claramente inspirados em personagens já conhecidos e outros em itens de navegação.

Plunder Patroll Parrrty

Para você que ainda não conhece o arquétipo, trata-se basicamente de cards que giram em torno do Extra Deck, dependendo do seu oponente para, com Redbeard, the Plunder Patroll Matey e Whitebeard, the Plunder Patroll Helm, facilitar o acesso aos cards de Fusão, Sincro, XYZ e Link fora da mecânica original. Isso pode variar desde os determinados atributos dos monstros colocados por seu oponente, visto que isso será o determinante para você trazer o monstro do seu Extra Deck, até você mesmo mudar o atributo de um card de Monstro que seu oponente controla com Plunder Patroll Booty, permitindo que você acesse qualquer monstro possível.

Enquanto os cards de Monstro de Main Deck são os trols, os de Extra Deck são as embarcações piratas. Os cards de Magia e Armadilha, por sua vez, são locais, itens e ações (ou eventos). Além disso, a mecânica de cards de Monstro tratados como cards de Magia de Equipamento também é explorada nesse arquétipo, com o Plunder Patroll Shipyarrrd aumentando o poder de ATK dos Plunder Patroll em campo de acordo com o número de cards Plunder Patroll em suas Zonas de Magias & Armadilhas.

Plunder Patroll Booty

Mas afinal, de onde vieram os Plunder Patroll? Para responder essa pergunta precisamos utilizar a busca sobre nomes originais dos cards em inglês, fazendo uma pesquisa ampla em torno dos termos utilizados, baseados na mistura da cultura pirata (viking, em sua maioria) com a criatura mítica trol, os termos utilizados como nomes do arquétipo fazem um trocadilho com Plunder (em português: saque; pilhagem) e Patrol (em português: patrulha) + Troll (em português: trol). No caso dos cards de Monstros de Extra Deck, o termo se estende a Plunder Patrollship, adicionando Ship (em português: navio) ao nome. Partindo disso, temos os seguintes cards:

Na navegação, o helm (em português: leme) é um aparato de direção de um navio, utilizado para sua navegação correta. Na arte do card, o trol, chamado aqui de Whitebeard (em português: Barba-Branca), guia o navio pelo leme enquanto utiliza sua luneta para avistar à sua frente.

 

Matey (em português: amigo), embora também seja traduzido como amigo, ou companheiro, é um termo utilizado na cultura pirata para se referir a um marujo, termo utilizado para amigo/companheiro do mar. Referencia o almirante otomano conhecido como Barba-Ruiva (1499-1546), nome que herdou do seu irmão mais velho, Oruç Reis, depois que este foi morto em uma batalha contra os espanhóis, na Argélia. Oruç era também conhecido como "Baba Oruç" ("Papai Oruç"), o que, para os europeus, soava como "Barbarossa", e, uma vez que Oruç tinha mesmo uma barba ruiva, o apelido pegou.

 

Brann (em norueguês: fogo) possivelmente representa um dracar, clássico navio víquingue. Seu atributo (FIRE) faz uma notória referência ao termo utilizado em seu nome.

 

Moerk é uma corruptela de mork (em norueguês: sombrio) e, possivelmente, representa um dracar. Seu atributo (DARK) faz uma notória referência ao termo utilizado em seu nome.

Plunder Patroll Shipyarrrd

Blackbeard (em portugês: Barba-Negra), referencia o capitão inglês Edward Teach – o Barba-Negra (Data desconhecida-1718), pirata mais famoso da história. Seu apelido deriva da grossa barba de cor preta e sua terrível aparência; possuía o hábito de pôr pavios de fogo acesos em seu cabelo para assustar os inimigos durante as batalhas.

 

Shipyarrrd é uma brincadeira com shipyard (em português: estaleiro) como um sotaque carregado no “r”, algo que também será visto nos cards posteriores.

 

Booty (em inglês: saque), foi traduzido como tesouro, mas também pode ser pilhagem, pois refere-se ao/s item/ns obtidos através de saqueamento.

 

Assim como Plunder Plunder Patroll Shipyarrrd, Parrty tem o o “r” puxado de party (em português: festa), como um sotaque. Na arte da carta é possível ver muitos trols comemorando com um banquete em um salão víquingue, sendo liderado por Blackbeard, the Plunder Patroll Captain.

Emblem of the Plunder Patroll

Pride (em inglês: orgulho), referencia justamente o orgulho dos trolls piratas em seu navio.

 

É possível que a carta represente um emblem (em português: emblema), visto que a trol Goldenhair, the Newest Plunder Patroll está recebendo um presente do Blackbeard, the Plunder Patroll Captain.

 

Nesse trava-língua temos Ship (em português: navio), Shipshape (em português: forma do navio) e Shipping (em português: remessa). Porém, na tradução, não seguindo literalmente, os termos significam outras coisas, mas segue algo como um serviço contratado para a vistoria de segurança dos navios, o que deixou a entender em sua tradução: Vistoria Veloz de Navios a Vela da Saquepatrollha.

 

Em minhas pesquisas, concluí que a Goldenhair (em português: Cabelos Dourados), é original do próprio jogo, não sendo uma referência direta como os alguns citados. Newest (em português: a mais nova) é representação de que ela seria a trol mais nova do grupo.

 

Começarei ao contrário, abordando o termo Shipwright (construtor/reparador de navios). Este foi traduzido como Engenheiro, justamente por se tratar de um engenheiro (em inglês: engineer) de navios. Sobre o termo Bluebeard (em português: Barba-Azul), diferente do que se imagina, não deriva de um pirata, mas de um rico conde fictício, assustador por ser muito feio, com uma horrível barba azul. Ele já se tinha casado seis vezes, mas ninguém sabia o que teria acontecido com suas esposas, todas desaparecidas. Quando Barba-Azul visitou um de seus vizinhos e pediu para casar com uma de suas filhas, a família ficou apavorada, mas ele acabou por convencer a filha caçula. Os dois casaram-se e foram viver no castelo do nobre. Certo dia, ele a deixou responsável pelas chaves da propriedade enquanto fora viajar. Ela poderia ter acesso livre a todos os cômodos da casa, mas estaria proibida de entrar em um pequeno quarto. A tentação por saber o que havia ali foi maior do que ela, que abriu o quarto e encontrou, em seu interior, os corpos das ex-esposas de seu marido, todos pendurados na parede. Assustada, deixou cair as chaves, que ficaram manchadas pelo sangue no local. No dia seguinte, quando Barba-Azul voltou, viu as chaves sujas e entendeu o que sua mulher fez, decidindo matá-la também. Ela conseguiu escapar e se trancar na torre mais alta do castelo. Quando Barba-Azul, armado com uma espada, tentava derrubar a porta, os irmãos de sua esposa chegaram a mataram o nobre enlouquecido, salvando-a. Alguns historiadores afirmam que o conto foi baseado em um assassino chamado Gilles de Rais (1404-1440), um rico herói nacional francês que se divertia decapitando crianças pequenas, sendo enforcado e queimado simultaneamente em 26 de outubro, após ser condenado por esse e outros crimes.

Nota: Barba-Azul é, muitas vezes, confundido com Barba-Negra, devido às semelhanças em seus nomes. Particularmente não acredito que a Konami tenha ido fundo em um personagem assassino para criar seu card, apenas utilizando um identidade de coloração da barba para aplicar a mais um pirata. Porém, é muita coincidência que tenha sido escolhida exatamente a cor azul.

 

Lys, (em norueguês: luz) possivelmente representa um dracar, clássico navio víquingue, livremente modificado, já que não há registros históricos de um dracar com dois cascos. Seu atributo (LIGHT) faz uma notória referência ao termo utilizado em seu nome.

Pride of the Plunder Patroll

Então é isso, duelista, essa foi uma pesquisa divertida de fazer, assim como Plunder Patroll é um deck divertido de jogar. Espero que tenha curtido essas curiosidades sobre o arquétipo e saiba que, em breve, tem mais. Se quiser ficar por dentro das novidades do meu time é só curtir a Paradoxo Team no Facebook. Até mais!

- Duhpa

Comentários

RitualMaster comentou em 13/07/2020 00:26:16

Ritual Master ~~

Liddell comentou em 12/07/2020 08:08:09

Muito bom. Podia trabalhar na Konami.

Outros Produtos

  • Commander 2020 Deck - EVOLUÇÃO APRIMORADA | Deck

    Commander 2020 Deck - EVOLUÇÃO APRIMORADA

    4 item(s) R$ 269.90
  • Shield para Magic: The Gathering, Pokémon, Battle Scenes | Shield / Sleeve

    Shield para Magic: The Gathering, Pokémon, Battle Scenes

    20 item(s) R$ 15.00
  • Commander 2020 Deck - ENXAME SIMBIÓTICO  | Deck

    Commander 2020 Deck - ENXAME SIMBIÓTICO

    3 item(s) R$ 269.90
  • CHALLENGER DECK 2020 - FINAL ADVENTURE | Deck

    CHALLENGER DECK 2020 - FINAL ADVENTURE

    1 item(s) R$ 99.90
  • Bundle - Ikoria: Terra de Colossos | Caixa de Booster

    Bundle - Ikoria: Terra de Colossos

    1 item(s) R$ 209.90
  • MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Chandra | Deck

    MAGIC THE GATHERING COLEÇÃO BÁSICA 2021 DECK DE PLANESWALKER - Chandra

    1 item(s) R$ 79.90