Boletim dos Artesãos - Magic Temático com Jumpstart | Magic

Escrito por artesaosdomagic
Publicado em 22/06/2020
71 Visualizações, 0 Comentários.

Olá e sejam bem-vindos a mais um Boletim dos Artesãos, recheado com o que de mais importante acontece no mundo de Magic: the Gathering. Para essa semana temos mais resultados competitivos vindos do segundo fim-de-semana de Players Tour Online. Além disso trazemos as novidades que chegam com a mais nova forma de se experiênciar o Magic: Jumpstart. Vamos lá.

Temur Reclamation Balança

Os últimos Players Tours da Temporada Parcial de 2020 aconteceram neste fim-de-semana fechando a maioria das vagas para as Finais que acontecem mês que vem. A grande pergunta indo para este torneio é se o Temur Reclamation suportaria o massivo alvo que colocou em suas costas com a performance da semana passada.

O metagame do Dia 1 do Players Tour Online 3 passou uma primeira impressão animadora mostrando o deck na segunda posição em popularidade, com 23,8%, um pouco abaixo de seu maior competidor, Bant Ramp, que ficou com 24,5%. O torneio, no entanto, teve apenas 151 jogadores, numero pequeno demais para qualquer conclusão ser tomada.

A resposta ficou para o Players Tour Online 4, e muito dependente dele, já que ele teve mais do que o dobro de jogadores, com 318. Neste segundo evento o Temur Reclamation voltou a aparecer à frente, com 26,4% do campo, e uma boa margem de distância para os 16,7% do Bant Ramp.

No agregado o Temur Reclamation foi o deck mais jogado do fim de semana, com 25,6% dos jogadores, um decréscimo em relação ao fim-de-semana passado. Quem subiu e muito foi o Bant Ramp, que semana passada ficou com o tímido quarto lugar, mas, dotado de Teferi, Manipulador do Tempo, foi o mais adotado pelos jogadores na causa de fazer oposição à Reconquista da Natureza e ficou com 19,2% do campo. Juntos os decks somaram para quase metade do campo, 44,8%.

Com um crescimento tão grande de Bant Ramp o Jund Sacrifice e Sultai Ramp foram os que mais sofreram em termos de parcela de metagame. Os decks terminaram com apenas 5,1% e 4,2% respectivamente. Uma surpresa foi o deck aggro mais jogado no fim-de-semana, Rakdos Knights, com 6,4%. Ele passou decks que se saíram bem semana passada, como o ousado Mono-Green e os dois citados acima, e roubando a terceira posição no metagame.

Como sabemos, metagame não é tudo, então é extremamente importante perguntar se a queda em popularidade do Temur Reclamation também trouxe uma queda de performance. A resposta é sim, ou pelo menos é isso que dizem os dados coletados pelo metagame.io para o PTO3 e PTO4, onde o deck venceu apenas 50,3% e 46,6% respectivamente. O Bant Ramp também não conseguiu assumir posição dominante vencendo 43,9% e 52%.

O deck que mais venceu no Players Tour Online 3 foi uma outra surpresa e uma das grandes histórias do fim-de-semana, o Orzhov Yorion com 62%. O deck é centrado em torno da interação entre Príncipe Encantado e Yorion, Nômade Celeste, que juntos geram um ciclo de reativação de todos os seus efeitos de entrar no campo de batalha. No caso os efeitos escolhidos foram as remoções Elspeth Derrota a Morte e Juramento de Kaya e os efeitos que atacam a mão dos oponentes Rato Ladrão e Espreitador Pantaneiro de Yarok.

 

Grandes nomes do Magic profissional embarcaram no deck, como Brad Nelson, Ben Stark e Seth Manfield, todos impulsionados por Eric Froehlich, que trouxe a construção à mesa e compartihou com seus companheiros. Talvez o calibre dos pilotos tenha sido uma grande influência na performance do deck, mas o deck se mostrou uma chamada de metagame incrivelmente correta.

Para fechar os campeonatos tivemos um Top 8 bem diverso no PTO3 onde o arquétipo de Sacrifice ficou com a maioria das vagas, três, e se sagrou campeão nas mãos de William Craddock. No PTO4 a história foi diferente, já que metade das vagas e o título de Akira Asahara ficaram com o Temur Reclamation. Parabéns aos dois campeões!

Em resumo, Temur Reclamation , e mais especificamente os decks de Espiral de Crescimento ainda são muito bons no Standard, mas talvez não tanto quanto semana passada indicava. Ainda há espaço para novidades, seja com decks inéditos, como o Orzhov Yorion, ou conhecidos, como o Azorius Control.

O próximo grande campeonato será as Finais do Players Tour que começam 25 de julho. Até lá vamos acompanhar como o Standard vai se comportar e qual vai ser o impacto da Coleção Básica 2021.

Uma Abundância de Temas

Durante toda a semana passada tivemos os previews da mais nova experiência do Magic. Jumpstart é uma coleção de boosters, mas não foi feita para ser draftada. Os boosters da coleção vêm com 20 cartas, todas elas pré-selecionadas, ou seja, não randômicas, e focadas em um tema, e para jogar basta pegar dois boosters e combiná-los, formando um deck.

Os temas são bem variados e podem ter ligação com uma sinergia específica, como o de Terrenos, Tribo como o de Unicórnio, Personagem como Chandra, e mais. São 46 temas ao todo e 121 listas.

O grosso da coleção são os reprints e alguns deles são perfeitos para os jogadores de Commander, tendo o potencial de abaixar o preço de algumas das staples do formato.

Jumpstart Reprints para o Commander

Além disso as cartas de Jumpstart serão legais no Histórico, formato digital do Arena, à exceção de 20 cartas, que não serão incluídas na plataforma digital por questões de nível de poder ou dificuldade de implementação. Com um influxo tão grande delas pode ter certeza que o formato vai mudar muito até o Invitacional Mítico que usa o formato em Agosto.

Jumpstart Reprints para o Histórico

Jumpstart também conta com 37 cartas inéditas. Novamente os jogadores de Commander vão poder abrir um sorriso, pois há dois ciclos de comandantes entre elas. Mas não é só isso, já que até o Legacy pode ter ganhado mais uma peça.

Jumpstart Novas Cartas

Jumpstart será lançado no Arena dia 16 de julho e no físico dia 17 de julho, embora alguns atrasos possam ser esperados em consequência dos impactos que a pandemia do covid-19 causou na rede de distribuição da Wizards. Todas as cartas do set podem ser consultadas na galeria.

Assim fechamos mais um Boletim. Está animado para o lançamento de M21? Acha que a coleção terá impacto significativo no Standard? E está animado para experimentar Jumpstart? Sinta-se livre para nos contar usando a seção de comentários. Você também pode nos alcançar por nossa página no Facebook, Twitter ou Instagram. Obrigado pela leitura.

Thiago Santos dos Artesãos do Magic

Comentários

Outros Produtos

  • Ikoria: Lair of Behemoths Magic | Booster

    Ikoria: Lair of Behemoths Magic

    36 item(s) R$ 20.00
  •  Prerelease Kit - Theros Além da Morte / Theros Beyond Death | Caixa de Booster

    Prerelease Kit - Theros Além da Morte / Theros Beyond Death

    2 item(s) R$ 109.90
  • Booster Magic IKORIA - Terra de Colossos | Booster

    Booster Magic IKORIA - Terra de Colossos

    59 item(s) R$ 19.90
  • CHALLENGER DECK 2020 - CAVALCADE CHARGE  | Deck

    CHALLENGER DECK 2020 - CAVALCADE CHARGE

    2 item(s) R$ 129.90
  • Commander 2020 - Magic The Gatering - Enxame Simbiotico | Deck

    Commander 2020 - Magic The Gatering - Enxame Simbiotico

    1 item(s) R$ 199.99
  • Commander 2020 Deck - Regimento Impiedoso  | Deck

    Commander 2020 Deck - Regimento Impiedoso

    3 item(s) R$ 274.90