Enterro Coletivo - Banlist TCG (Jan. 2020)

Escrito por CyberseTeamBR
Publicado em 17/01/2020
340 Visualizações, 2 Comentários.

É um dia difícil para todos nós. Hoje, dia 17 de Janeiro de 2020 aconteceu uma verdadeira chacina. Um enterro coletivo. A Konami já está tomando as previdências cabíveis e o estoque de caixões já está esgotado. Finalmente, chegou a Banlist. A maior da história, com impressionantes 33 cartas mudando de status, sejam sendo banidas ou saindo da lista. Se havia alguma dúvida que o Metagame seria resetado, a Konami sanou essa questão da forma mais dolorida possível. Não sei quando entramos em guerra, mas o número de vítimas é assustador. Entre mortos e feridos, todos foram atingidos. Enfim chegou a hora de fazer a maior e mais dolorosa análise da minha vida. São os ócios do ofício. É com lágrimas nos olhos que eu digo, sigam-me, e vamos fazer um doloroso test drive.

1. Um Colosso Derrotado

Vamos começar com o Colosso Dragão do Trovão, que foi banido. Você pode até não entender o motivo, mas é até bem fácil de descobrir. Primeiro: O Deck Thunder Dragon estava ofuscado a bastante tempo, mas era uma ótima aposta para a nova Master Rule, e com o enfraquecimento de outros Decks pela Banlist, Thunder Dragon prometia voltar a ser muito forte, mas ele já é um Deck "velho" e já deu tudo o que tinha para dar. A estratégia da Konami foi perfeita; matar os Meta e os Rogues, e Thunder Dragon estava nessa lista. O segundo motivo: O Thunder Dragon Colossus é extremamente genérico, e poderia se tornar um problema em outros Decks como "Nemesis", que virá na Eternity Code, em Abril. Para evitar complicações, o banimento dessa carta foi uma decisão acertada. Podemos citar também o banimento da Fusão Brilhante, que ainda era presença em algumas builds de Thunder Dragon por aí, por facilitar o envio de monstros para o Cemitério. Agora, essa opção também foi tirada do Deck. Ainda não há informações sobre o horário e nem o dia do enterro, mas uma certeza temos: Thunder Dragon morreu.

2. Fraqueza Celeste

Tenho duas notícias, uma boa e uma ruim. Qual você quer ouvir primeiro? Tá, tá... já que insiste. Kagari saiu da lista! (Aplausos, aplausos, gritaria). Bom, agora vem a parte ruim. Força Celeste - Mobilizar - Engajar! foi banida! (Lágrimas, sussuros, pessoas desmaiando). É, exatamente. A Konami trocou 6 por duas dúzias. A algum tempo, a engine de Sky Striker estava fazendo parte de alguns Decks do Meta, principalmente Orcust. Uma prova da sua força, foi mostrada no YCS Sydney, já que 73% dos Decks do Top 8 estavam resumidos a Orcust Sky Striker. De longe, Sky Striker (seja puro ou como engine) era o Deck a mais tempo no formato. Já faziam exatos 1 ano e 8 meses desde o seu lançamento, e apesar de alguns hits, o Deck continuava forte. Agora, é muito difícil que consiga fazer alguma coisa. A perda da consistência com o banimento da Engage foi absurdo. Ficou muito mais difícil buscar suas cartas. A Hornet Drones, que já está limitada vai perder totalmente o seu espaço. As chances de usá-la diminuiram muito, já que buscá-la ficou muito difícil. Bom, e em relação a Kagari, é uma forma de recompensar a perda, mas sendo sincero, o que a Kagari vai buscar no Cemitério agora? Tragam outro caixão!

3. Extintor de Incêndio

Nós, do Cyberse Team estamos de luto. É duro falar sobre algo que dói tanto. Sabemos que todos morrem, mas nunca estamos preparados para esse momento. Com tanta coisa pra fazer, a Konami tocou logo onde mais machucava. Infelizmente, o Salamagrande Migaranhão está banido. Entretanto, não podemos dizer que não era merecido. Salamangreat (assim como Orcust) era um dos principais Decks do formato estagnado. Já estava ficando saturado, ninguém aguentava mais. Apesar de ter perdido força naturalmente, Salamangreat ainda era o único capaz de bater de frente com Orcust. Prova disso é novamente, o YCS Sydney. Eles foram guerreiros, e chegaram até a final. No final das contas, um Deck que foi campeão mundial, nacional, continental, regional e vice-campeão em uma infinidade de torneios teria o seu fim uma hora ou outra. E tendo em vista a nova Master Rule e o enfraquecimento de outros Decks, não teve jeito. Dói, dói muito, mas é o fim. Ao menos, tivemos o retorno da Joaninha Debug, mas isso não diminui a nossa dor....

4. Ih, desafinou...

O Deck mais odiado de todos os tempos, mas não me levem a mal, eu até gostava dele. Ele era uma boa pessoa, nunca fez mal a ninguém, era amigo de todo mundo, nunca se envolveu com nada errado. Como puderam fazer isso com ele? Queremos justiça, queremos solução! - Sinto muito por avisar, não terão. Orcust teve o que mereceu, que ele queime no fogo do inferno! (Oops, desculpem... imparcialidade). Ao contrário do que muitos pensavam, Orcust Horror de Harpa foi banido. Por si só, esse já seria um hit pesado no Deck. Agora Invocar os monstros Orcust do Deck ficou mais difícil, e o Deck perdeu um pouco de consistência. Mas, não foi só isso. Além das cartas Sky Striker terem sofrido com a lista (e causado impacto indireto no Deck Orcust), Ib, a Magistrada do Cálice Mundial e Entidade Exterior Azathot também foram banidos. É, duas tech cards muito boas para o Deck também foram para o limbo, e novamente, mais um murro na consistência. E desculpem o trocadilho, o Deck ainda sofreu mais um vazio com a limitação de Para Dentro do Vazio, que oferecia um poder de compra muito grande para o Deck. Perigo! Nessie! também foi limitado. Entretanto, o Galatea e a Orcust Knightmare continuam livres no jogo e dificilmente o Deck vai morrer com só uma lista. Ainda é possível fazer o seu principal combo, mandando a Cavaleira do Pesadelo Orcust para o Cemitério via Enterro Tolo, Cavaleiro do Armagedom ou Grepher Negro. Orcust está em estado grave no hospital, mas o quadro está evoluindo.

5. Pendulum no More!

E a lista também foi cheia de surpresas. A principal delas, foi o banimento do Metalmorfose Pesado Eletrumite que foi um balde de água fria para os Decks Pêndulo do jogo. Esse hit foi direcionado ao Endymion, que foi TOP 4 no YCS Sydney (prova disso, foi a limitação do Servo de Endymion), mas literalmente dizimou qualquer esperança para quem usa os Monstros Pêndulo. Com um efeito que acelerava as jogadas do Deck, e dava consistência ao comprar cartas, o Electrumite era essêncial em qualquer Deck da mecânica, uma verdadeira alma gêmea, um Link feito exclusivamente pensando neles. Com 3 cópias livres, essa carta de fato era um problema, mas já fazia muito tempo que ela estava limitada, e sendo sincero, não era um bicho de sete cabeças (ele só tinha duas setas mesmo). Achamos um exagero por parte da Konami, mas faz parte da ideia de matar os rogues também. Pendulum Players, sentimos muito.

Mas não foram só os Penduluns que sofreram. True Draco, também foram atingidos. Despedida Final e Diagrama Dragônico também foram limitados. Esses hits foram interessantes, e já eram até mesmo previstos. True Draco sempre foi presença marcante no Metagame, e depois passou a ser um bom Rogue, mesmo com muitos desfalques. Com o enfraquecimento dos principais Decks, ele poderia se tornar muito forte, mas todos nós sabemos que a Konami não quer um Deck de 3 anos atrás ganhando torneios não é? Também tivemos hits em cartas de Side Deck. Dinolutador Pancratops e Reinicialização Vermelha foram limitadas, e Controle Mental foi semi-limitada. Também tivemos apelos comerciais na lista, como a semi-limitação da Diva do Mar Profundo (que receberá um novo Arquétipo em Abril). E cartas clássicas do jogo voltaram, como Vírus Infecta-Tribus e Jarro da Metamorfose #2, que voltaram a ser ilimitadas. Juntamente com essas cartas, também tivemos a limitação do Pote da Avarice, que até então, não sabemos qual será a importância no formato.

Bom galera, é isso. A Banlist chegou com tudo, arrasando corações e matando muita gente. Espero que tenham gostado da nossa análise, e não deixem de comentar suas opiniões sobre essa Banlist. Visitem também o nosso canal, caso não conheçam e fiquem por dentro das novidades. Estamos nos empenhando ao máximo para acompanhar o ritmo das novidades! 

Link para o nosso canal - https://bit.ly/2SHUdlS -

Att, Cyberse Team BR!

Comentários

Kdash2k4 comentou em 19/01/2020 17:21

Boa Tarde. Muito Bom artigo... Caramba, não me recordo de uma chacina desta desde o TeleDad ou Dragon Ruler....Alguns decks antigos voltarão a aparecer... seja pela nova mecânica de jogo ou pela lista.. (parece que vou tirar da caixinha meu mermail/Atlante e Quickdraw...). Vlw

Mentore comentou em 19/01/2020 13:33

Em 1º lugar, parabéns pelo artigo. E 2º, a Konami fez uma excelente nerfada com a maior parte dos decks do Meta atual. Alguns não sentiram (e eu falo na minoria) um impacto tão forte quanto os decks de Salamangreat e Orcust, que terão que fazer um remanejamento de estratégia. Agora, Sky Striker, Thunder Dragon e True Drago já fizeram o trabalho deles, estando já há um bom tempo no competitivo. E agora, com a Master rule em abril, teremos uma nova leva de Meta Gamers e Rogue Gamers durante o cenário de 2020.