Boletim dos Artesãos - Arena Além do Standard

Escrito por artesaosdomagic
Publicado em 18/11/2019
92 Visualizações, 0 Comentários.

Olá e sejam bem-vindos a mais um Boletim dos Artesãos, repleto com o que de mais importante aconteceu no mundo do Magic na última semana. Na edição de hoje temos os todos os detalhes sobre os Mystery Booster, o mais novo Estado do Jogo do Magic Arena, que abordou temas vitais para a plataforma, e a semana de competição na MPL com a Divisão Esmeralda. Vamos logo saber de tudo isso.

Mystery Boosters em Detalhes

Como dissemos aqui na semana passada, os Mystery Boosters finalmente estrearam na MagicFest Richmond, e com muito sucesso, diga-se de passagem, mas as informações completas sobre o produto só chegariam durante a semana.

Pois bem, Mystery Boosters é um novo produto de reprints do Magic voltado para o Limitado e inspirado nas variantes de Draft, como os Cubos e o Caos Draft. Cada versão do produto é enorme, com 1815 cartas curadas vindas de toda a história do Magic, tão longe quanto a coleção Miragem. Com certeza é o maior produto já lançado para o jogo.

O tamanho da coleção se deve ao fato de que cada uma das 15 posições no Booster tem sua própria folha de impressão, composta de 121 cartas. Esse fator adiciona à variabilidade do jogo, já que é provável que, mesmo depois de vários drafts, as cartas não se repitam.

E quais são as versões de Mystery Booster? São duas, a versão de Convenção e a versão de Lojas, que você provavelmente terá mais fácil acesso. A diferença entre as duas está na posição “especial” do booster.

Mystery Boosters

Cada booster de Mystery Boosters tem suas 15 cartas distribuídas da seguinte maneira:

  • 2 cartas Brancas comuns ou incomuns
  • 2 cartas Pretas comuns ou incomuns
  • 2 cartas Azuis comuns ou incomuns
  • 2 cartas Vermelhas comuns ou incomuns
  • 2 cartas Verdes comuns ou incomuns
  • 1 carta Multicolorida comuns ou incomuns
  • 1 carta de Artefato/Terreno comum ou incomum
  • 1 carta Pré-M15
  • 1 carta Pós-M15 rara ou mítico-rara
  • 1 carta especial: Carta de Teste (Edição de Convenção) ou Foil (Edição de Loja)

A lista de possibilidades para as 14 posições “normais” já está disponível e inclui reprints importantes, como Cripta de Mana, Proteção de Teferi e Demonic Tutor. Também já sabemos quais são as 121 Cartas de Teste pelo documento de Notas de Lançamento. Só falta conhecermos as cartas Foil escolhidas, essas serão reveladas mais para frente.

Todos os reprints aparecem da mesma maneira como foram lançados, o que inclui texto, bordas, ícone de edição e número de colecionador. O que diferencia uma carta saída de um Mystery Booster de um booster comum é um pequeno símbolo de planeswalker no canto esquerdo da carta.

Cartas em MB1

A Edição de Convenção de Mystery Booster já está disponível e garantida em todas as MagicFests até Houston em abril do ano que vem. Já a Edição de Lojas chega às prateleiras só em 2020, no dia 13 de março.

Arena Além do Standard

Na última quarta-feira, dia 13, recebemos mais um Estado do Jogo do Magic Arena, que, como já adiantamos, tocou em assuntos importantes para a saúde do jogo. O primeiro deles são as questões de performance da plataforma, que vêm sofrendo muito com instabilidades há algum tempo, o que levou a falhas catastróficas até mesmo no Campeonato Mítico V.

Devido a isso, performance se tornou o foco número um da equipe de desenvolvimento desde o mês passado, então nesse mês devem chegar a primeira leva de mudanças que deve melhorar o uso de memória e CPU do jogo, assim como a optimização em geral.

O segundo ponto é que a Lista de Amigos finalmente chegou, depois de atrasos e adiamentos. Nesse momento você poderá adicionar (e também remover e bloquear) jogadores à sua lista, ver se eles estão online e convidá-los a desafios diretos.

O assunto mais importante, no entanto, foi mesmo como o Arena irá abordar seu ambiente além do Standard. Que o jogo é focado no formato premier da Wizards é um fato, mas sem um leque de opções mais amplo, quando o Standard sofre a plataforma inteira também sofre, e é exatamente isso que acontece no momento.

E o anúncio do Pioneer nas últimas semanas, um formato novo, interessante, fresco, mas que não está disponível agora, e a princípio nem no futuro, no Magic Arena, foi como passar sal na ferida que é o atual estado do Standard e do jogo.

A equipe de desenvolvimento do Arena respondeu ao anseio dos jogadores de remediar essa situação admitindo que o Arena não pode ser somente um lugar para se jogar Standard, mas sim um lugar para jogar Magic. Além disso foram citadas as iniciativas que já estão em desenvolvimento ou sendo lançadas nesse sentido.

A primeira delas é oferecer uma boa seleção de eventos, incluindo os eventos experimentais, como o Omniscient Draft e Standard Shake-Up, para que os jogadores sempre tenham boas experiências disponíveis.

Outra iniciativa citada é a expansão do Arena pela história do Magic, não somente com novos sets, mas olhando para o passado. Para isso foi anunciado que a partir do ano que vem chegarão à plataforma “Coleções Remasterizadas”, isto é múltiplos sets condensados em um lançamento com as cartas mais relevantes.

Essa expansão é um compromisso de longo termo que, ainda que leve algum tempo, afinal são muitas coleções a serem adicionadas, levará ao suporte de outros formatos no Arena, incluindo o recém anunciado Pioneer.

Outra iniciativa, que já chega na próxima atualização, é o suporte ao Histórico, formato 100% digital do Arena que já teve um ciclo de vida e morte e está pronto para renascer. Foi reiterado a inserção de um conjunto de cartas específico a cada três meses, começando com a Antologia do Histórico 1.

Antologia do Histórico 1

São 20 cartas que chegam na plataforma e buscam aprimorar, ou mesmo criar, decks e estratégias que de outra forma não teriam lugar no formato. Além disso elas chegam para diferenciar o Histórico não somente do Standard, mas também do Pioneer e Modern, já que não foi considerada a legalidade nesses formatos na escolha das cartas que formam a Antologia.

Além disso, haverá uma forma fixa de jogar o formato de forma competitiva depois do fim do modo Ranqueado, que dura de 21 de novembro a 15 de janeiro e deve retornar trimestralmente.

Esses anúncios mostram que, mesmo que seja necessário muita barulheira da comunidade, o que nem sempre é bom, a Wizards está ciente das mesmas preocupações e pronta para agir se for o caso. Esperemos que venha o melhor!

Márcio Carvalho Vence na Divisão Esmeralda

Seguindo o Campeonato Mítico VI, que você pode ler sobre aqui, e antes de mais um anúncio de B&R, os jogadores  da MPL decidiram por escolhas seguras na seleção de decks, o que ainda gerou certa variedade muito interessante indo para o Top 4.

Em primeiro lugar ficou o brasileiro Carlos Romão, que escolheu um Sultai Sacrifice e o levou para uma incrível performance de 6-1, um belo começo na tentativa de ser o primeiro bicampeão de divisão. Em segundo lugar Brad Nelson levou um Gruul Adventure para também impressionantes 5-2.

Na parte de baixo dois representantes com Sultai Food. Com campanha 4-3 estava Mike Sigrist. Já com uma campanha 3-4, passando nos critérios de desempate, Márcio Carvalho ficou com a última vaga.

No embate mirror, Carvalho levou a melhor contra Sigrist, continuando na competição. Na parte de cima Romão venceu seu confronto e seguiu para a Grande Final. Nelson ainda teria mais uma chance contra Carvalho no exato tipo de embate que seu deck esperava, mas sofreu um revés e Sultai Food saiu vencedor.

Carvalho prosseguiu para mais um embate contra um deck desenvolvido para vencê-lo, dessa vez numa melhor-de-3 partidas. Isso não abalou o português, que fez valer sua classificação à fase de mata-mata, vencendo Romão e garantindo o título de divisão.

Com o resultado Márcio Carvalho avança diretamente para o Dia 2 do Campeonato Mítico VII e também tem grandes chances de garantir vaga no Mundial de Magic e na MPL do ano que vem.

Assim finalizamos mais um Boletim dos Artesãos. O que você achou do conteúdo dos Mystery Boosters? Acha que agora finalmente o Histórico vai para frente? O que achou do anúncio das “Coleções Remasterizadas”? Sinta-se livre para nos contar usando a seção de comentários. Você também pode nos alcançar por nossa página no Facebook ou Twitter. Obrigado pela leitura.

Thiago Santos dos Artesãos do Magic

Comentários