Boletim dos Artesãos - O Novo Estado do Jogo Organizado

Escrito por artesaosdomagic
Publicado em 19/08/2019
129 Visualizações, 0 Comentários.

Olá e sejam bem-vindos a mais um Boletim dos Artesãos, que oferece a você tudo o que de mais importante aconteceu no mundo de Magic na última semana. E contrariando a expectativa de semana calma tivemos um dos mais importantes anúncios dos últimos meses, reorganizando a estrutura do Jogo Organizado mais uma vez.

É claro que alguns detalhes foram mantidos ou continuam parecidos com o que já temos, caso do Mundial de Magic que continua o pico do jogo competitivo, tanto para o físico, quanto para o digital, mas as mudanças foram inúmeras.

Se você quiser ler sobre elas em detalhes a Wizards já divulgou um documento em seu site que cobre o novo modelo e se disponibiliza a responder perguntas através de seu perfil no Twitter para Esports (MagicEsports). Aqui vamos tratar o assunto de forma mais abrangente e resumida.

O Caminho para a MPL

A Magic Pro League continuará existindo sob o novo modelo, ainda que um pouco diferente, e com um caminho claro de classificação. Além dela uma nova liga foi criada para desenvolver talentos e que alimenta diretamente a MPL, a Liga de Rivais. Com isso a única maneira de estar na MPL em um dado ano é já fazer parte de uma dessas duas ligas no ano anterior.

A MPL passa a consistir de 24 jogadores que receberão convites para os eventos de alto nível competitivo, como é agora. Os 4 piores jogadores de cada temporada são rebaixados diretamente para a Liga de Rivais e os jogadores que finalizarem nas posições 17º a 20º serão mandados para um torneio de requalificação, o MPL Gauntlet.

Já a Liga de Rivais será formada por 46 jogadores, que também recebem convites para outros eventos, como seus próprios qualificatórios. As vagas foram organizadas da seguinte maneira, levando em conta jogadores que não estejam classificados para a MPL:

  • 12 vagas para os melhores jogadores digitais.
  • 12 vagas para os melhores jogadores físicos.
  • 12 vagas para o MPL Gauntlet.
  • 4 vagas para os jogadores rebaixados da MPL.
  • 6 vagas discricionárias à escolha da Wizards.

Ao fim de cada temporada 4 jogadores da Liga de Rivais recebem acesso à MPL e eles serão os 2 melhores jogadores digitais e os 2 melhores jogadores físicos. Além disso os jogadores nas posições 3º a 8º tanto no jogo físico quanto no digital vão para o MPL Gauntlet para requalificação.

Assim teremos ao fim de cada temporada um torneio em que os jogadores possam tentar a requalificação chamado MPL Gauntlet. O torneio terá a participação de 16 jogadores, 4 da MPL (das posições 17º a 20º) e 12 da Liga de Rivais (das posições 3º a 8º no físico e no digital).

Estrutura do MPL Gauntlet

No fim da MPL Gauntlet os ranqueamentos são zeradas para a próxima temporada com o Top 4 do torneio avançando para a MPL e os outros 12 jogadores indo para a Liga de Rivais. Dessa forma a MPL terá a seguinte formação:

  • Top 16 jogadores da MPL na temporada passada.
  • Top 2 jogadores da Liga de Rivais no físico.
  • Top 2 jogadores da Liga de Rivais no digital.
  • Top 4 jogadores do MPL Gauntlet.

Em nota final sobre as ligas, você pode perceber que há diferentes formas de ranquear os jogadores. O jogo digital, no Magic Arena, recebe os chamados Pontos Míticos (Mythic Points), recebidos nos Invitacionais Míticos e seus qualificatórios, além dos Desafios de Pontos Míticos.

Já o jogo físico recebe os chamados Pontos de Jogador (Player Points) nos eventos de Player Tour Regionais e também nas Finais do Player Tour. A MPL combina os dois ranques e ainda as disputas internas para a sua classificação.

Torneios do Magic Arena

Você deve ter notado logo acima os nomes dos torneios que premiam com Pontos Míticos para o Magic Arena, incluindo um tipo de evento que faz seu retorno sob o novo modelo. Essa será a base para o jogo digital, que classificará os jogadores dentro e fora das ligas.

Os Invitacionais Míticos, que retornam, serão os eventos de alto nível do Magic Arena, com jogadores da MPL, Liga de Rivais, Qualificatórios e convites discricionários. Serão 3 Invitacionais por temporada, cada um deles acompanhado de seus Qualificatórios, dois por torneio, que dá aos melhores 1200 jogadores do Arena no Construído ou Limitado a chance de chegar ao topo.

Esses mesmos jogadores também estarão classificados para os Desafios Míticos, que não te classificam para nenhum outro torneio, mas te dão Pontos Míticos, e já vimos como esses são importantes.

O Tour dos Jogadores no jogo físico

Já no jogo físico o caminho de classificação passa pelos novíssimos Player Tours, uma série de eventos regionalizados que promete criar mais oportunidades para mais jogadores por todo o mundo. Serão 3 as regiões: o Players Tour Américas, o Players Tour Europa e o o Players Tour Ásia-Pacífico. Uma temporada de um ano terá três Players Tour por região.

Para se classificar para um Players Tour um jogador terá que ter bons desempenhos nas séries de campeonatos de nível qualificatório ou ser parte de uma das ligas que explicamos acima. Isso inclui os Qualificatórios Player Tour, os Qualificatórios da WPN, os Grand Prix, eventos da Player Tour Premier Series e eventos do Magic Online. Ainda há a possibilidade de um jogador ser convidado por status de Hall da Fama ou convites discricionários.

Um bom desempenho num Players Tour te classifica para o próximo evento da série, sendo que os melhores jogadores competem nas Finais do Player Tour, que também acontecem três vezes ao ano e que recebem jogadores de todas as regiões do Players Tour, além dos jogadores da MPL e os campeões de GPs.

Um bom desempenho nas Finais do Players Tour te classifica para as Finais seguintes, dependendo do seu recorde final. O objetivo final é agarrar uma vaga na Liga de Rivais através dos Pontos de Jogador.

As oportunidades de competição no novo modelo

A Temporada Parcial

A intenção é que as temporadas de Magic Competitivo ocorram de agosto a agosto e para permitir que todas essas mudanças aconteçam de forma suave uma temporada de transição será necessária. Então, ao fim da temporada atual de 2019, teremos uma temporada parcial em 2020 com menos eventos.

A MPL nessa temporada parcial será composta pelos Top 20 jogadores da atual MPL e os Top 4 desafiantes. Já a Liga de Rivais será composta pelos outros 12 jogadores da MPL, os 8 melhores jogadores no físico e os 8 melhores jogadores do digital, usando os atuais Pontos Míticos, e mais 4 convites discricionários.

Estrutura das Ligas na temporada parcial

Seth Manfield vence a Divisão Esmeralda

Saindo do futuro do Magic e voltando para a temporada atual, tivemos disputa de Top 4 da Divisão Esmeralda esse fim de semana. Os jogadores classificados para a disputa foram 4 jogadores do Hall da Fama: o estadunidense Seth Manfield, com campanha 5-2, o brasileiro Paulo Vitor Damo da Rosa, com campanha 5-2, o checo Martin Juza, campanha 4-3, e o japonês Shota Yasooka, também campanha 4-3.

Ao contrário da Divisão Pérola, nenhum jogador submeteu uma lista de Orzhov Vampires na parte classificatória do fim de semana. Ao fim apenas dois arquétipos classificaram seus jogadores para o mata-mata: Esper Control pelas mãos de Manfield e Yasooka e Mono-Red Aggro pelas mãos de PVDDR e Juza.

Para a disputa de Top 4 o único jogador a manter seu deck foi Yasooka. PVDDR e Juza novamente escolheram o mesmo deck para a disputa, o Simic Nexus. Já Manfield se rendeu ao possível melhor deck do formato e registrou a única cópia de Orzhov Vampires de sua divisão.

A decisão foi muito boa para Manfield, que derrotou PV na primeira rodada, avançando para a grande final. Na disputa de baixo Juza conseguiu sua classificação em cima de Yasooka em partidas incrivelmente disputadas. Ele subiu para enfrentar PV na partida mirror e o brasileiro obteve a vantagem necessária para ganhar a partida e a chance de enfrentar novamente Seth Manfield.

Infelizmente para Paulo Vitor a final foi quase que uma repetição do confronto anterior e o Orzhov Vampires mostrou que realmente tem a vantagem em suas partidas contra o deck Simic Nexus. A pura agressividade do deck de Manfield foi demais para PV, que perdeu a partida.

Assim Seth Manfield é o segundo jogador a garantir sua classificação direta para o Dia 2 do próximo Campeonato Mítico, parabéns a ele. As disputas da Divisão Safira são as próximas e ocorrem daqui a algumas semanas, na semana do dia 14 de setembro.

E esse é o fim de mais um Boletim dos Artesãos, um pouco mais longo essa semana. Muitas mudanças foram anunciadas e muitas estão ainda por anunciar, esperemos que esse seja um caminho de sucesso para o jogo competitivo de Magic: the Gathering.

E você, o que achou das mudanças? Acha que a nova Liga de Rivais é um bom caminho para desenvolver os jogadores? E está otimista para o Players Tour com campeonatos regionais? Sinta-se livre para nos contar usando a seção de comentários. Você também pode nos alcançar por nossa página no Facebook ou Twitter. Obrigado pela leitura.

Thiago Santos dos Artesãos do Magic

Comentários