O Início de uma Coleção

Escrito por jeamor
Publicado em 26/06/2019
101 Visualizações, 3 Comentários.

Saudações a todos MYPlayers... continuaremos dando sequência sobre a saga do Colecionador.

Como todos sabem, ter uma coleção de qualquer tipo não é algo fácil de se planejar. Existem vários detalhes a serem seguidos e levados em conta. Inicialmente você precisa saber o que quer colecionar, isso é fundamental. Esse chamado deve vir da sua alma, ou seja, deve partir da forma como você vê, e como é sua concepção de uma coleção, principalmente do seu desejo em possui-la. Veja o que mais lhe identifica com sua história e bagagem. Não procure sonhos grandiosos de início (como ter tudo de tudo), e lembre-se: quanto menos carta uma coleção tiver, mais fácil será de completa-la.

Planejamento é fundamental

Imaginemos como exemplo que você tome a decisão de colecionar apenas três edições. A sugestão é que você foque,  é tenha em mente exclusivamente elas. Vejamos:

Essas três edições pertencem à mesma serie. E cada uma tem sua quantidade de cartas especificas. Existem várias formas de você começar essa coleção. A seguir, quais as opções abaixo você acha mais viável para conseguir esse objetivo?

  • Opção 1: Você compra uma box ou boosters de cada coleção a fim de completa-la.
  • Opção 2: Você comprar cartas avulsas focando nas mais baratas primeiro.
  • Opção 3: Você focar em uma coleção por vez, terminar, e em seguida, passar para a próxima coleção.

Toas as três opções são viáveis... só que a Opção 1 é mais trabalhosa... ao comprar uma box, dificilmente sairá todas as cartas em uma única caixa. Existem colecionadores que compram até 3 boxes para terem a coleção completa. E mesmo assim, há casos onde faltam as cartas mais caras. Essa opção só é válida se você tem muito dinheiro a disposição. Mas lembre-se, mesmo completando a edição você terá um excesso de cartas repetidas.

A Opção 2 casada com a Opção 3, seria a mais viável. Focar em uma única série é o mais aconselhável. Existem vários sites de compra onde você consegue separar cartas avulsas de determinada edição por preço (inclusive o próprio MYPCards). Dessa forma a pesquisa fica mais ramificada e possibilita fazer um planejamento, de quanto será gasto para concluir determinada edição. Quando não existe foco e você realiza compras (ou mesmo trocas) sem objetivo, acaba não tendo uma coleção e sim um amontoado de cartas ramificadas de várias séries.

Conheça os detalhes de cada edição

Voltemos as três edições:

Note que existem 2 tipos de raridade nessas edições. Gold Secret e Gold Rara. Teoricamente as Gold Secret são as mais caras e as Gold Rare são as comuns dessa coleção. Então se seguirmos como planejado conseguiríamos primeiro as comuns para depois passarmos para as secretas. Outra opção seria conseguir todas as comuns das três edições para no final comprar as secretas. Ao focar em apenas uma coleção o espaço de tempo é bem mais curto. Quanto mais edições e séries a serem alcançadas, mas tempo demanda para completa-las...

Conhecendo os tipos de classificação de raridades

Ao começar a colecionar você notará que os cards não são todos iguais. Temos tipos diferenciados de raridade. A raridade de um card influencia diretamente em seu valor e na quantidade que vem nas boxes ou booters. Abaixo vamos entender essas diferenças.

Comuns

São as cartas que não tem brilho, são as mais comuns e fáceis de achar em boosters ou boxes.

Raras

São as que tem o nome da carta com um detalhe prateado.

Super Rara

A figura da imagem da carta é todo brilhante. Vem em menor proporção.

Ultra Rara e Rara Secreta

A imagem e nome da carta são ambos brilhantes. São mais difíceis de achar.

Ultimate Rare

O nome da carta tem tonalidade dourada e imagem holográfica, bem como nos detalhes, atributos, level, nome, etc.

Ghost/Holographic Rare

São as mais raras do jogo (e geralmente as mais caras). Tem efeito 3D com ilustração alem de ser holográfica, com efeito que muda de posição dependendo do ângulo em que se olha. Também são chamadas Ghost Cards, por conta da aparência de fantasma da carta. (a Konami vive produzindo novidades, não se espante se este artigo ficar desatualizado).

Edições Lendárias

Existem séries e edições lendárias dos primórdios do jogo, que são raríssimas, difíceis de achar em sites no Brasil. Quanto mais antiga, mais complicadas são de tê-las. Oferta e procura, já ouviu falar? Exatamente isso que acontece no Yu-Gi-Oh!. A maioria dos inúmeros sites de cards tem seus estoques recentes, onde a falta de cards antigos. Haverá casos onde a única saída e procurar em sites fora do Brasil, se for esse seu caso, prepare-se para sofrer com as altas do dólar e suas variações.

Calma, você não está sozinho no mundo

Outra forma de você conseguir completar sua coleção é lembrar que também existem outros colecionadores a procura de cartas. Como citado anteriormente, muitos colecionadores (ou até mesmo jogadores) compram suas boxes e acabam tendo muitas cartas avulsas repetidas. Essas cartas podem ser alvo de trocas das suas que estão sobrando.

É muito importante você conhecer outros colecionadores (seja em grupos, sites ou pessoalmente) pois assim poderá realizar trocas de boa qualidade, sempre com alvo naquilo que você necessita. E lembre-se que o jogo é um TCG (Trading Card Game), e o mesmo tem a necessidade de troca entre colecionadores e jogadores.

Concluindo

Agora que compreendemos que a vida de colecionador é deveras complicada, você poderá se perguntar, vale a pena? É claro que sim! Não existe prazer e realização maior do que completar uma coleção. Além disso, o preço de uma coleção completa no mercado é muito valorizado entre os colecionadores. Mas você mesmo poderá responder a essa pergunta quando sua primeira coleção estiver terminada. O que você tem a perder? Existem edições com 3 a 6 cards apenas... facílimas de serem completadas. Agora não esqueça... foco, planejamento, e determinação são excelentes qualidades de um colecionador. Nos próximos artigos falaremos como organizar, guardar e catalogar nossas coleções. Até a próxima vez...  Abraços...

Comentários

Kdash2k4 comentou em 09/07/2019 20:46

O mais importante é saber o que quer colecionar, ter o prazer em colecionar e ter a paciência em colecionar (este último o que eu chamo de o instinto de caçador de cartas), Trocar, participar de torneios e converter as premiações em boosters, dividir a compra de coleçoes com os colegas, fazer lotes de cartas repetidas para venda e troca... Parece dificil, mas uma coisa eu garanto... ver sua coleção crescer, todo fim de semana vc chegar a noite depois de voltar da loja de card game e colocar na pasta aquela(s) carta(s) que vc conseguiu (agora, também catalogar na plataforma do site mypcards)... caramba, tenho mais de 15 anos colecionando as cartas de Yugioh e posso dizer que é muito legal e divertido... Parabéns ao site pelo artigo...

jeamor comentou em 27/06/2019 08:55

massa cyberseTeamBR

CyberseTeamBR comentou em 26/06/2019 20:59

Sou um grande exemplo de colecionador, minha coleção é um tipo (type) específico, no caso, os Cyberses, atualmente tenho 95% dos que já foram lançados =D