Report do Campeão - Special Event de Campinas

Escrito por PlusPower
Publicado em 04/02/2019
460 Visualizações, 1 Comentários.

Fala galerinha, aqui é o Alex Silva e sejam muito, mas bem-vindo ao meu primeiro artigo para o MYPCards!
No último final de semana (2 e 3 de fevereiro) aconteceu o Special Event de Campinas no qual tive a felicidade de ser campeão invicto (9-0-2) com uma incrível lista de Zoroark-GX sm84/156, Lycanroc-GX 138/145 e Weavile 074/156.
Então hoje eu estou aqui para fazer um pequeno reporte das minhas partidas e compartilhar um pouco desta incrível experiência com vocês!
Eu aproveito a oportunidade para agradecer a todos os que auxiliaram nos meus treinos, à minha namorada e aos meus pais pela compreensão e apoio, ao pessoal de Londrina e também os meus queridos parceiros MYPCards e UGCardShop pela força que dão ao canal.
Também quero congratular à Administração do torneio e aos fãs e jogadores de Pokémon que participaram desse incrível evento.

PREPARAÇÃO

Desde o Internacional do Brasil eu havia decidido que jogaria o Special Event de Campinas, porque não tinha planos de viajar para o Internacional da Austrália, mas algumas coisas aconteceram e tudo deu certo para que conseguisse realizar a viagem para Austrália e tive que adaptar a minha rotina de treino (foquei mais na Austrália do que no Special Event).
Conversei com alguns amigos (Cláudio Ferla, João Pedro, Gabriel Massaroth), cogitava seriamente em utilizar algum baralho controle focado em Regigigas 084/111 com Magikarp & Wailord-GX 160/181 e deixei meu ZoroLyca como segunda opção já que havia recebido informação de que São Paulo era dominada por Passimian Friends.
Comecei meus preparativos para Austrália, desta vez com ZoroLyca sendo minha primeira opção, e depois de muito jogar contra os novos baralhos comecei a me aprofundar cada vez mais nas minúcias do baralho, sua capacidade de recuperar jogos perdidos e controle do jogo.
Os treinos foram convincentes e na semana do Special Event já havia decido que jogaria com ZoroLyca, pois seria uma ótima oportunidade de testar o baralho antes de Internacional que estava por vim.
A partir dai, de manhã treinava no TCGO com a lista que usaria no Special Event e à noite com a lista que usarei no Internacional.

A LISTA

 


Boa parte das cartas das lista são autoexplicativas e compõem 90% dos baralhos de Zoroark, vou explicar apenas algumas escolhas que fizeram toda a diferença:

Uma das minhas cartas favoritas no Pokémon TCG e, sem sombra de dúvidas, umas das melhores cartas do atual formato. Sua habilidade traz um controle absurdo ao jogo e permite a criação de jogadas altamente destrutivas ao oponente. A Combinação Zoroark-GX sm84/156/Magcargo 024/168 é tão forte que consegue facilmente realizar o poder de contra de dois ou três Zoroark-GX sm84/156 do oponente, assim me sobra espaço adicional em jogo para conseguir construir múltiplas ameaças para finalizar o jogo.
Ele também é uma das minhas armas secretas contra Controle para entrar no ciclo contínuo de Judge 143/162 após utilizar o ataque Gerenciamento e Recurso do Oranguru 114/156 deixando meu oponente sem recursos para voltar ao jogo.

Grande parte da razão do meu sucesso está nessa linha de 2-2 Weavile 074/156 e vou explicar o motivo.
Um dos grandes problemas do Zoroark-GX sm84/156 é a ausência de OHKO, um dos caminhos e recorrer ao Lycanroc-GX 082/181 que praticamente dá OHKO em qualquer Pokémon com o seu GX, mas ainda assim, depois que o GX foi embora e seu oponente não tivesse fraqueza, o jogo voltava e entrar naquela zona de previsibilidade e o defeito do Zoroark-GX sm84/156 reaparecia.
Com Weavile 074/156 as coisas mudam de figura, eu ganho mais uma ameaça em jogo com o bônus de fornecer apenas um prêmio.
Com a linha de 2-2 Weavile 074/156 a situação fica ainda pior, porque depois de nocautear o primeiro Sneasel 073/156/Weavile 074/156 eu ganho o tempo necessário para conseguir ligar uma energia no Lycanroc-GX 082/181 do banco e ainda ataco entre 120/170 com o Zoroark-GX sm84/156 ativo. Em uma mirror, o efeito bola de nove começa a acontecer de forma que o jogo se torna irrecuperável em dois ou três turnos!

Essas duas cartas são as responsáveis pelo poder de recuperação do baralho, hoje é muito comum você terminar as partidas com um ou dois prêmios de vantagem que foram adquiridos porque o oponente conseguiu ligar uma energia a mais ou começou a partida.
Zoroark-GX sm84/156 é um baralho midrange, portanto ele tende a começar a sofrer o primeiro nocaute, facilitando a ativação do Counter Gain 170/214.
Já o Enhanced Hammer 124/145 serve para remover aquelas energias adicionais que o oponente conseguiu ligar por ter começado a partida.

***

Bem pessoal, essa daqui é a primeira parte do artigo, continue acompanhando o MYPCards para ler a parte final e acompanhe o PlusPower no YouTube, Twitch e Instagram!
Um abraço e até mais!

Comentários

Kogake comentou em 04/02/2019 22:10

Parabéns Alex, muito, mas muito sucesso para vc!!! Abraços!!!!